O vice-diretor médico do governo da Inglaterra, Jonathan Van-Tam, pede para quem já tomou vacina continuar a seguir as regras de isolamento para tentar conter a contaminação pelo coronavírus.

Desde o início de 2019 que o mundo está vivendo tempos de preocupação, angústia e medo de que um vírus altamente contagioso chegue até nós, nossos familiares ou pessoas que nos são queridas.

Dia 30 de janeiro marcará um ano da declaração da Organização Mundial da Saúde (OMS) de uma Emergência de Saúde Pública de Preocupação Internacional devido ao COVID-19.

Tem sido um ano terrível, pois o vírus se espalhou pelo mundo, causando miséria, sofrimento, morte e afetando gravemente as vidas de todos nós.

Durante esse ano, conforme o vírus se espalhava, muitos cientistas e profissionais de saúde ao redor do mundo travaram um corrida contra o tempo na busca de buscar entender como funcionava essa doença, possíveis tratamentos e mais do que tudo: uma vacina.

Foi um trabalho fantástico e mesmo com todas as dificuldades, sempre existiu esperança.

Muitas pessoas se envolveram e desempenharam um papel importante no desenvolvimento das vacinas, incluindo os voluntários que participaram de testes clínicos e os profissionais que agora estão trabalhando duro para chegarem às pessoas com rapidez e segurança.

As vacinas são uma saída para a pandemia e um retorno à vida como a conhecíamos. E isso realmente vai acontecer, mas para que seja o mais rápido possível precisamos evitar a propagação, reduzir o número de casos, enquanto as pessoas mais expostas e mais vulneráveis sejam vacinadas.

Em entrevista ao The Telegraph, Van-Tam advertiu que as pessoas que receberam a vacina contra a Covid-19 ainda podem transmitir o vírus para outras pessoas e por isso devem continuar seguindo as regras de distanciamento social.

“As vacinas funcionam enganando o seu corpo, fazendo-o pensar que tem de combater o vírus. Ele o treina para essa luta, produzindo anticorpos… então você está pronto se você encontrar a coisa real. No entanto, como em qualquer treinamento, chegar à condição física adequada leva tempo. A resposta do seu corpo, a resposta imunológica, só é totalmente treinada cerca de 2 ou 3 semanas depois de cada um de suas doses. Se você for mais velho, é melhor esperar pelo menos 3 semanas. Você ainda pode obter COVID neste momento.”

E é importante que se receba a segunda dose, pois assim se garante uma proteção melhor e com maior duração.

É realmente importante que continuemos com as medidas de restrição, usando máscaras e higienização das mãos, pois o vírus poderá continuar a circular, e as pessoas não serão todas vacinas de um dia para o outro.

Se o número de casos manter-se alto, muitas pessoas continuarão em grande risco e mesmo que também tenham certa urgência de serem vacinados, ainda terão que aguardar na fila.

“Tem sido um ano muito difícil para todos nós e todos, inclusive eu, estão desesperados para voltar a ver as pessoas que amamos. A vacina trouxe muita esperança e estamos na última fase da pandemia, mas por enquanto, vacinados ou não, ainda temos que seguir as orientações por um pouco mais de tempo.”

Imagem de Capa: Wirestock no Freepik

OUTRAS LEITURAS



Márcia Lourenço
Por Márcia Lourenço. Sou Nutricionista e pós-graduada em fisiologia, bioquímica e nutrição do esporte. Apaixonada por nutrição e por comida que nutra o corpo e alma, sem terrorismos! O intuito principal da Ideias Nutritivas é trazer novidades e curiosidades sobre nutrição orientando-os nas melhores escolhas, publicando dicas alimentares, receitas, curiosidades e estilo de vida. Além disso, estou aqui para incentivar pensamentos e atitudes positivas, com conteúdos inspiradores e histórias motivadoras que nutram os seus sentidos! 🍏

COMENTÁRIOS