Um trauma profundo na medula espinhal geralmente causa danos irreparáveis, muitas vezes levando à uma paralisia parcial ou total dos membros.

Nos últimos anos muito se tem estudado e o campo da regeneração celular tem avançado, mas ainda não existe um tratamento que consiga reparar totalmente uma medula lesionada gravemente. Até agora, uma paralisia causada por danos à medula espinhal é irreversível.

 

No entanto, um novo estudo é a uma luz no fim do túnel. Graças a um tipo de proteína sintética, que estimula a regeneração nervosa, os pesquisadores conseguiram fazer camundongos paralisados com paraplegia completa voltarem a andar novamente.

Os biólogos do Departamento de Fisiologia Celular do Ruhr-Universität Bochum (RUB), liderados pelo Prof. Dietmar Fischer, conseguiram pela primeira vez reverter um paraplégico.

A descoberta vem da proteína hiperinterleucina-6, que estimula a regeneração das células nervosas. Os resultados foram publicados na revista Nature Communications.

“Essa é uma citocina sintética, o que significa que não é produzida na natureza e deve ser produzida por engenharia genética” , explica Fischer.

terapia proteina sintetica - Terapia com proteína sintética fez ratos paraplégicos voltarem a andar
Quatro primeiras imagens: Os ratos tratados com fatores de crescimento simples não conseguiram andar novamente. Quatro imagens inferiores: os camundongos tratados com a citocina sintética hIL-6 foram capazes de andar novamente após cerca de vinte dias.

A equipe induziu células nervosas no córtex sensório-motor a produzir hiperinterleucina-6 por conta própria. Para isso, eles usaram vírus adequados para terapia genética e injetaram em uma área de fácil acesso do cérebro. Lá, os vírus fornecem o modelo para a produção da proteína em células nervosas específicas, chamadas neurônios motores.

 

Lesões da medula espinhal causadas por esportes ou algum tipo de acidente geralmente causa deficiências permanentes, como paraplegia. Isso acontece por danos às fibras nervosas, que transportam informações do cérebro para os músculos e da pele e dos músculos para o cérebro. Ao destruir essas fibras por acidentes ou doenças, essa comunicação acaba, e os pacientes sofrem paralisia e dormência no corpo o resto da vida.

Imagem de Capa: Reprodução

OUTRAS LEITURAS



Márcia Lourenço
Por Márcia Lourenço. Sou Nutricionista e pós-graduada em fisiologia, bioquímica e nutrição do esporte. Apaixonada por nutrição e por comida que nutra o corpo e alma, sem terrorismos! O intuito principal da Ideias Nutritivas é trazer novidades e curiosidades sobre nutrição orientando-os nas melhores escolhas, publicando dicas alimentares, receitas, curiosidades e estilo de vida. Além disso, estou aqui para incentivar pensamentos e atitudes positivas, com conteúdos inspiradores e histórias motivadoras que nutram os seus sentidos! ?

COMENTÁRIOS