Será que comer doces pode torná-lo – também – doce? Uma investigação sugere que as pessoas com hábitos “formiguinhas” têm tendência a serem mais meigos sim.

É muito comum que pessoas mais “boazinhas” sejam consideradas “doces”. Essas metáforas auxiliam na comunicação, mas as teorias conceituais delas podem ser muito mais do que apenas teoria, e corresponder sim aos traços da personalidade.

 

O artigo, publicado pelo Journal of Personality and Social Psychology, incluiu uma série de cinco estudos diferentes. Uma das pesquisa mostrou que os participantes que comeram um alimento doce (um chocolate), ao invés de um alimento não doce (um biscoito salgado), ou nenhum alimento, apresentavam um comportamento altruísta e eram mais gentis.

Segundo o autor ao Science Daily, “Sabor é algo que experimentamos todos os dias. Nossa pesquisa examinou se metáforas que vinculam preferências de sabor com experiências pró-sociais (por exemplo, “ela é um amor, ou fofa”) podem ser usadas para lançar luz sobre os traços de personalidade e comportamento reais.”

Em outro estudo descobriu-se algo diferente mas curioso. Revelou que as pessoas acreditam quem prefere alimentos doces como sobremesas, bolos de chocolate, tortas ou crepes, costumam ser mais agradáveis, prestativas, calmas e otimistas.

 

“É importante ressaltar que nossos estudos de sabor controlaram o humor positivo, de modo que os efeitos que encontramos não são devidos à sensação de felicidade ou recompensa que alguém pode ter depois de comer um alimento doce.”, disse Dr. Meier.

Nesse grande estudo também descobriram que as pessoas que gostam de comidas doces, em comparação com as que não gostam, possuem um traço de personalidade mais agradável e são mais propensas a se voluntariar para ajudar aos necessitados.

portrait of beautiful pin up woman eating cake scaled - Pessoas que gostam de comer sobremesas são mais positivas e “doces”, segundo estudo
Cookie_studio no Freepik

E ainda mostrou que as mulheres que gostam de comer sobremesas a qualquer hora do dia são mais compreensivas, positivas e de bem com a vida.

 

Quanta doçura!!! Então, realmente somos o que comemos?

OUTRAS LEITURAS






Por Márcia Lourenço. Sou Nutricionista e pós-graduada em fisiologia, bioquímica e nutrição do esporte. Apaixonada por nutrição e por comida que nutra o corpo e alma, sem terrorismos! O intuito principal da Ideias Nutritivas é trazer novidades e curiosidades sobre nutrição orientando-os nas melhores escolhas, publicando dicas alimentares, receitas, curiosidades e estilo de vida. Além disso, estou aqui para incentivar pensamentos e atitudes positivas, com conteúdos inspiradores e histórias motivadoras que nutram os seus sentidos! ?