Sempre existiu a crença de que o álcool tem propriedades analgésicas, associando a bebida ao “esquecimento das dores”, não só físicas como também as emocionais. Mas deixando a dor emocional de lado, pesquisadores da Universidade de Greenwich, quiseram comprovar cientificamente se o álcool possui essa ação analgésica.

No estudo, publicado no The Journal of Pain, foram realizados dezoito experimentos no qual examinaram o efeito de diferentes doses de álcool ao estímulo de dores provocadas. Envolvendo 404 participantes, as análises eram de comparações entre níveis de álcool e zero álcool em 13 testes de limiar de dor e 9 testes de intensidade de dor.

Um teor médio de álcool no sangue, de aproximadamente 2 cervejas, eleva o limiar de dor, e causa uma diminuição de moderada à alta na intensidade da dor. Os resultados foram positivos, chegando a conclusão que o álcool tem efeito aliviador das dores e que, quanto maior o teor de álcool, maior analgesia.

five clear glass with alcoholic beverages 1267684 scaled - Pesquisadores afirmam que cerveja alivia dores de cabeça
Imagem de ELEVATE no Pexels

Então, quando tiver aquela dor de cabeça chata, tomar uma cerveja ou duas, pode ser melhor que tomar qualquer outro remédio. Porém, o álcool deve ser consumido sempre com moderação, pois seu uso contínuo e excessivo pode contribuir para o desenvolvimento de dependência e possibilitar todas as suas consequências relacionadas à saúde e vida social.

Imagem de Capa: Jan Kopřiva de Unsplash

OUTRAS LEITURAS


Márcia Lourenço
Sou Nutricionista e pós-graduada em fisiologia, bioquímica e nutrição do esporte. Apaixonada por nutrição e por comida que nutra o corpo e alma, sem terrorismos! O intuito aqui é orientá-los nas melhores escolhas, publicando dicas alimentares, receitas, curiosidades e estilo de vida. Sintam-se bem comendo bem! 🍏

COMENTÁRIOS