Se você já amou e perdeu um cachorro antes, sabe que é uma experiência incrivelmente dolorosa. Afinal, um animal de estimação não é apenas um animal que você possui – é alguém que você considera um membro de sua família.

Você compartilha um vínculo especial com eles, e eles se tornam seus melhores amigos e companheiros. Perder um cachorro pode trazer uma profunda tristeza.

Muitas vezes, os donos de cães precisam de tempo para lamentar e processar a perda de seus amados animais de estimação antes de poderem seguir em frente.

Aqueles ao seu redor que não experimentaram essa dor podem não entender. Eles podem dizer a um “pai de estimação” em luto que acabe com isso, já que é “apenas um cachorro”. No entanto, isso serve apenas para agravar a dor.

Agora, a ciência provou que o luto pela perda de um cão muito amado não é incomum e é, de fato, uma experiência real e válida. De fato, esta pesquisa sugere que superar a morte de um animal de estimação pode ser mais difícil do que curar a morte de um humano.

Aqui está o que aprendemos com este estudo sobre por que pode ser tão difícil superar a perda de um cachorro .

5 RAZÕES PELAS QUAIS PERDER UM CÃO É TÃO DIFÍCIL QUANTO PERDER UM ENTE QUERIDO

“Às vezes, perder um animal de estimação é mais doloroso do que perder um humano, porque, no caso do animal, você não estava fingindo amá-lo.” – Amy Sedaris

1. CRIAMOS FORTES LAÇOS

De acordo com o Jornal Oficial do Estudo de Comportamento e Evolução Humana, criamos laços com nossos filhotes que são muito comparáveis aos que formamos com as pessoas.

 

Nossos cérebros interpretam essas atividades de ligação da mesma maneira. Em outras palavras, nossos corpos produzem exatamente os mesmos hormônios quando nos unimos aos cães e quando nos unimos às pessoas.

É por isso que seus filhotes caninos começam a parecer uma família para você. Os mesmos processos químicos estão ocorrendo se você estivesse falando com um membro da família! No caso de perder um cachorro, você perde uma criatura com a qual se relacionou profundamente.

2. LUTO

Então, estabelecemos que você se une a cães e humanos da mesma maneira. Mas quando um companheiro canino morre, você não pode lamentar por eles da mesma maneira que para as pessoas.

Quando um humano falece, você pode procurar terapia ou aconselhamento, ter o apoio de amigos, familiares e entes queridos e realizar ou assistir a um funeral.

Mas quando um cachorro morre, você precisa seguir o mais rápido possível, porque é isso que os outros consideram aceitável. Você não pode recusar eventos sociais ou ter um desempenho mais lento no trabalho porque os outros não vêem a perda de um animal de estimação como algo que vale a pena lamentar.

 

Além disso, participar da terapia para tal coisa pode resultar em repercussões sociais negativas. Isso pode dificultar a aceitação da passagem de um animal de estimação e o fechamento, para que você possa seguir em frente.

3. AMOR E CONFORTO

Quando seu animal morre, você não está apenas perdendo um cachorro. Você está perdendo os sentimentos que teve com ele. Você está perdendo o amor dele, o conforto que a presença dele proporcionava e também uma fiel companhia.

É muito a perder de uma só vez e pode fazer você se sentir muito vazio. Além disso, os cães dão às mães e pais humanos o tipo de amor incondicional que você não consegue encontrar nas pessoas. É um amor que realmente machuca perder.

4. MEMÓRIAS E ROTINAS

Se você teve um cachorro, ele provavelmente morava com você; e passava a maior parte do tempo em casa com eles por perto. Quando eles morrem, sua casa se torna diferente.
• Longe vão as rotinas com as quais você se acostumou – alimentar seu filhote ou levá-lo a passear.
• Você não os ouve mais correndo pela casa ou os sente quando pulam no seu colo para um abraço.
• Isso pode fazer você se sentir perdido, especialmente se você é um dos muitos donos de animais cuja programação diária sempre envolveu seus animais de estimação.

Você pode continuar executando automaticamente tarefas ou ações que só se aplicariam se seu cão ainda estivesse por perto. Isso torna ainda mais difícil seguir em frente.

5. CULPA

Às vezes, uma decisão sobre a vida do seu cão é colocada em suas mãos. Se eles estavam sofrendo, você pode ter que decidir que era hora de colocá-los para dormir.

 

Embora você tenha feito a melhor escolha para seu filhote, ainda pode se sentir culpado pelo que aconteceu. Carregar essa culpa com você pode tornar o adeus ainda mais difícil. Você pode sentir que deveria ter feito mais – mesmo quando não havia mais nada que pudesse fazer.

ENTÃO, O QUE ISSO TUDO SIGNIFICA?

Perder um cachorro – ou qualquer animal de estimação – será de partir o coração. Lembre-se de que seus sentimentos são absolutamente válidos e que não há problema em precisar lamentá-los. E se outras pessoas não entenderem, diga a elas que seus sentimentos são apoiados pela ciência!

Por Power of Positivity

Traduzido e Adaptado por Equipe Ideias Nutritivas

Imagem de Capa: Matheus Bertelli no Pexels

OUTRAS LEITURAS



Márcia Lourenço
Sou Nutricionista e pós-graduada em fisiologia, bioquímica e nutrição do esporte. Apaixonada por nutrição e por comida que nutra o corpo e alma, sem terrorismos! O intuito aqui é orientá-los nas melhores escolhas, publicando dicas alimentares, receitas, curiosidades e estilo de vida. Sintam-se bem comendo bem! 🍏

COMENTÁRIOS