Este ano, ficou famosa a história sobre o último hambúrguer do McDonald’s sobrevivente da Islândia, supostamente comprado no dia 31 de outubro, antes da cadeia de fast food fechar em 2009, devido a um colapso da economia do país no ano anterior.

Hjörtur Smárason comprou o último hambúrguer do McDonald’s no país, com o intuito de provar se realmente é verdade de que os lanches do McDonald’s não se decompõe. Smárason manteve o hambúrguer, acompanhado por batatas fritas, em um saco plástico durante três anos, no qual não apresentou alterações.

O dono do hambúrguer, tentou presentear o Museu Nacional da Islândia, porém, após alguns anos no museu, um especialista dinamarquês disse que não era possível preservar um hambúrguer, mas Smáron se manteve confiante de que o hambúrguer se auto preservaria e o considerava um item de valor histórico.

McDonald´s 300x177 - O último hambúrguer do McDonald’s vendido na Islândia tem 10 anos e não se decompõe
Imagem recente do cheeseburguer com as batatas fritas

Hoje o cheeseburguer com as batatas fritas encontram-se intactos mesmo com 10 anos desde a data de validade, e são exibidos em um hostel de amigos, o Snotra House. Segundo relatos, alguns visitantes não resistiram à tentação e embolsaram algumas das batatas fritas que, aparentemente, permanecem em excelentes condições.

Os interessados na história do hambúrguer do McDonald’s da Islândia podem observar o exemplar visitando o hostel onde ele está guardado ou acompanhar em uma livestreaming da vida diária da sua (não) deterioração.

Imagem de Capa: Reprodução

OUTRAS LEITURAS



Márcia Lourenço
Sou Nutricionista e pós-graduada em fisiologia, bioquímica e nutrição do esporte. Apaixonada por nutrição e por comida que nutra o corpo e alma, sem terrorismos! O intuito aqui é orientá-los nas melhores escolhas, publicando dicas alimentares, receitas, curiosidades e estilo de vida. Sintam-se bem comendo bem! 🍏

COMENTÁRIOS