Você gosta muito de carne vermelha? Antigamente, consumir uma grande variedade de carnes vermelhas era um símbolo de nutrição e um estilo de vida saudável. Atualmente, inúmeros estudos sugerem que reduzir ou eliminar a carne de sua dieta pode ter vários benefícios à saúde.

A carne vermelha recebe esse nome por sua aparência “sangrenta” quando está crua. Vem de animais como vacas, porcos e ovelhas. A carne de galinhas ou frangos, perus, patos e peixes fica branca quando cozida, por isso são chamados de carne branca. Os humanos têm consumido esses animais como fonte primária de proteína há milhares de anos.

As carnes não são todas iguais. Além de serem ricas em gordura e colesterol, muitos tipos de carne vermelha são transformados em alimentos processados, como presuntos, salsichas e bacon. A carne branca e outras fontes de proteína geralmente são mais magras e têm menos calorias do que as vermelhas.

Você sabia que dietas ricas em carne vermelha podem colocá-lo em risco de contrair certas doenças? Muitas vezes, a pesquisa não é clara sobre quanto dela as pessoas deveriam ingerir a cada dia. Como você pode modificar sua dieta e estilo de vida para uma saúde ideal?

Se o vegetarianismo parece muito radical para você, considere reduzir a carne não branca que come. As segundas-feiras sem carne têm sido um conceito popular, incentivando a moderação e comendo mais legumes e vegetais.

A boa notícia é que você não precisa desistir da carne para ser saudável, a menos que deseje. Lembre-se de que moderação, substituições mais saudáveis e escolhas sábias são as chaves.

BENEFÍCIOS DE ELIMINAR A CARNE VERMELHA DE SUA DIETA

Embora uma ou duas porções desses tipos de carne por semana possam ser suficientes, você pode considerar a eliminação de carnes processadas. Esses produtos são carregados de gordura, sódio, açúcar e produtos químicos que não são bons para você.

Aqui estão algumas maneiras que seu corpo pode se beneficiar reduzindo ou eliminando a carne de suas refeições:

VOCÊ PODE TER PERDA DE PESO

Se a carne vermelha for rica em gorduras saturadas, é lógico que consumir muito pode torná-lo obeso. O peso extra pode causar doenças cardíacas e uma série de outras doenças. Reduza a ingestão de gordura dessa carne e você diminuirá seus fatores de risco.

Quando você comer um bife ou costeleta de porco ocasionalmente, certifique-se de comprar os cortes mais magros possíveis. Apare qualquer gordura visível para economizar calorias e gramas de gordura. Essa atitude irá refletir em perder gordura e peso quando você pisar na balança.

SEU CORAÇÃO VAI AGRADECER

Provavelmente não é novidade para você que uma dieta rica em carne vermelha pode contribuir para problemas coronários. Quando você consome esse tipo de carne, acaba se formando um depósito de gordura em seu corpo. Além disso, seu alto teor de colesterol pode aumentar o acúmulo de placas nas artérias, causando derrames e ataques cardíacos.

Por que não substituir a maior parte por opções brancas mais saudáveis, como aves ou peixes. Vários estudos em todo o mundo demonstram que o peixe é uma fonte rica em aminoácidos e gorduras boas que estimulam a saúde do coração.

VOCÊ PODE REDUZIR OS RISCOS DA DOENÇA DE ALZHEIMER

Além de melhorar a saúde do coração, reduzir o consumo de carne bovina, suína e de cordeiro pode beneficiar as células cerebrais. Embora ainda não se saiba com certeza quais são as causas da doença de Alzheimer, as pesquisas observaram uma ligação entre ela e o consumo desses animais.

Quando os especialistas médicos estudam os cérebros de pacientes com Alzheimer, eles notam o acúmulo de placas reveladoras. Alguns desses crescimentos de placa podem ser atribuídos a anos de ingestão de carnes vermelhas em vez de outras opções. Embora eliminar essas carnes não seja uma varinha mágica, reduzir os riscos de Alzheimer pode valer a pena.

TENHA MAIS DE ENERGIA

Como você se sente depois de comer uma refeição farta que contém muita carne de vaca, porco ou cordeiro? Você provavelmente deixou a mesa estufado e pronto para desabar no sofá. Não é de admirar que você sinta que precisa tirar uma soneca depois de consumir tal refeição.

Quando você reduz a ingestão de gordura e calorias e escolhe opções de carne branca mais magra, seu corpo verá a diferença. Alimentos nutritivos e integrais abastecem seu corpo e aumentam sua energia. Você perderá gordura e terá mais força para se exercitar, o que significa que poderá passar mais tempo de qualidade.

MELHORE SUA PELE, CABELO E UNHAS

Alguns nutrientes vitais para uma pele, cabelo e unhas saudáveis só podem ser encontrados na carne. Os vegetarianos e veganos frequentemente precisam tomar suplementos para compensar suas deficiências. No entanto, você pode obter aminoácidos e gorduras benéficas de peixes e outras opções de proteínas que não sejam de vacas, porcos e cordeiros.

Quando você está consumindo menos carne, pode substituí-la por mais frutas e vegetais, quanto mais colorido, melhor. Esses alimentos integrais contêm uma grande quantidade de vitaminas e minerais que defendem suas células contra os radicais livres. Sua pele ficará mais jovem e saudável.

Muitas pessoas que reduzem ou eliminam as variedades de carne vermelha costumam notar uma diferença perceptível em sua pele, cabelo e unhas. Sua pele pode parecer mais radiante, seu cabelo mais saudável e suas unhas menos quebradiças. Você não precisa comer bifes e bifes para obter esses benefícios de beleza.

VOCÊ PODE DESFRUTAR DE UMA VIDA MAIS LONGA

Não há fonte de juventude; entretanto, a duração e a qualidade de sua vida são diretamente afetadas pelo que você come e como vive a sua vida toda. Uma maneira de aderir a alguns anos é reduzir ou eliminar o consumo de carne.

Provavelmente não é surpresa para você que vegetarianos e veganos geralmente desfrutam de uma saúde melhor do que os carnívoros. Você ainda pode colher os benefícios da longevidade substituindo algumas opções de carne vermelha por carne branca ou proteína vegetariana. Sua dieta e saúde geral estão diretamente relacionadas.

UMA DIETA LEVE PODE BENEFICIAR O MEIO AMBIENTE

Embora menos ou nenhum consumo de carne possa ser mais gentil para os animais, também pode beneficiar o meio ambiente.

Você sabia que o metano produzido por vacas sozinho contribui significativamente para os gases de efeito estufa? Esses gases poluem o ar e empobrecem a benéfica camada de ozônio, permitindo a entrada de radiação solar mais perigosa em nossa atmosfera.

Criar animais de fazenda para abate também prejudica a terra e a produção agrícola. Você percebe os milhões de acres dedicados ao pastoreio de animais? A terra também é frequentemente super explorada para levantar as toneladas de grãos necessárias para a alimentação animal a cada ano.

Se você está pensando em reduzir ou eliminar a carne vermelha, considere suas opções. Esses são apenas alguns dos muitos benefícios que a pesquisa científica demonstrou de outros que tomaram a decisão. Uma das maneiras mais significativas de reduzir é eliminar carnes processadas, como salsichas, mortadela e outras carnes do tipo.

Imagem de Capa: Jcomp no Freepik / Gerd Altmann no Pixabay 

OUTRAS LEITURAS



Márcia Lourenço
Por Márcia Lourenço. Sou Nutricionista e pós-graduada em fisiologia, bioquímica e nutrição do esporte. Apaixonada por nutrição e por comida que nutra o corpo e alma, sem terrorismos! O intuito principal da Ideias Nutritivas é trazer novidades e curiosidades sobre nutrição orientando-os nas melhores escolhas, publicando dicas alimentares, receitas, curiosidades e estilo de vida. Além disso, estou aqui para incentivar pensamentos e atitudes positivas, com conteúdos inspiradores e histórias motivadoras que nutram os seus sentidos! ?

COMENTÁRIOS