Quando uma jovem decidiu deixar seu vício em comida para trás, ela transformou completamente sua vida. Em vez de a comida controlá-la, ela encontrou o poder interior para domar seus desejos. Ela ainda comia o que gostava com moderação, mas optou por alimentos mais saudáveis na maioria das vezes.

Além de se alimentar melhor, ela também começou a se exercitar para emagrecer. Por causa de sua determinação, ela agora pesa 84 Kg, e seu peso máximo foi de 113 Kg.

Aqui está a incrível história de GiGi que venceu os maus hábitos e se tornou uma versão melhor de si mesma.

“Quando eu era pequena, sempre fui a garota mais gordinha do bairro e sempre tive problemas com a autoimagem corporal positiva. Tive muitos problemas: vício em comida, tive distúrbios alimentares, me exercitei demais e, portanto, eu sei, é difícil ”, diz ela.

Ela finalmente se cansou depois de ver fotos dela mesma no casamento de um amigo alguns anos atrás. Foi quando sua verdadeira jornada para perder peso começou.

Depois de ver as fotos, ela percebeu que precisava mudar seu estilo de vida. GiGi não se sentia bem, tanto física quanto mentalmente, então ela queria se tornar mais saudável para seu futuro.

Ela eliminou alimentos viciantes para que seu cérebro pudesse desassociar. Quando você não cede aos desejos, seus níveis de dopamina são regulados. Dessa forma, você pode tomar decisões melhores e mais claras sobre o que come, criando hábitos melhores.

“Eu me senti mais leve, mais feliz, mais forte [em] mente, corpo e alma, por mais cafona que pareça.”, diz a jovem.

Seguindo um programa alimentar, sem incluir exercícios, GiGi perdeu incríveis 36 quilos. Ela queria ter certeza de ter controle sobre seus hábitos alimentares antes de entrar em uma rotina de exercícios mesmo em casa.

GiGi percebeu que uma jornada para a saúde não envolve apenas seu peso ou quanto você pode perder. É aproveitar a jornada e ficar feliz com as pequenas vitórias. Na verdade, trata-se de aprender conforme você avança, e não se prender muito aos detalhes.

“Portanto, para mim, trata-se realmente de me amar onde estou e continuar a buscar hábitos saudáveis, mas não me punir se não os alcanço o tempo todo”, diz a jovem.

“Meu maior conselho que daria a quem está começando sua jornada pela saúde é realmente sentar-se consigo mesmo e anotar seus gatilhos. O que te faz querer ir àquelas farras, ou às corridas noturnas, ou à loja para comprar sorvete? Eu encorajo você a olhar para os elementos de saúde, porque isso é realmente o que me motivou para começar.”

GiGi nos mostra que estar muito focado no resultado final tira a alegria do processo. Não importa o que você esteja buscando, se você não consegue se divertir ao longo do caminho, realmente vale a pena?

Desacelerar e apreciar onde você está o levará mais longe do que se estressar sobre o quão longe você tem que ir. Como se costuma dizer, lento e constante ganha a corrida. Pare e cheire as rosas de vez em quando, para não perder a beleza de sua própria transformação.

Lembre-se de que você pode realizar tudo o que quiser na vida, mas não se esqueça de apreciar também onde você está neste momento.

Imagem de Capa: Instagram

OUTRAS LEITURAS






Por Márcia Lourenço. Sou Nutricionista e pós-graduada em fisiologia, bioquímica e nutrição do esporte. Apaixonada por nutrição e por comida que nutra o corpo e alma, sem terrorismos! O intuito principal da Ideias Nutritivas é trazer novidades e curiosidades sobre nutrição orientando-os nas melhores escolhas, publicando dicas alimentares, receitas, curiosidades e estilo de vida. Além disso, estou aqui para incentivar pensamentos e atitudes positivas, com conteúdos inspiradores e histórias motivadoras que nutram os seus sentidos! ?