A cozinha é, convenhamos, o melhor ambiente da casa. É um espaço de convivência e é onde são preparadas as nossas mais deliciosas refeições.

Poucas pessoas fazem um curso de culinária para cozinhar só em casa e a internet tem sido uma ferramenta extremamente útil para se conseguir receitas, dicas de preparação e até mesmo o que se deve ou não se deve fazer.

Isso sem dizer alguns riscos silenciosos que podem prejudicar a saúde de toda a família e que surgem a partir de práticas normais do nosso dia a dia na cozinha.

Por isso, selecionamos alguns dos hábitos comuns que podem ser perigosos na hora de lidar com os alimentos e utensílios. Descubra a seguir como simples atitudes aparentemente inofensivos podem ameaçar sua saúde:

Não lavar as mãos

Primeira coisa que devemos fazemos antes de preparar qualquer coisa na cozinha é lavar as mãos. Certamente você faz isso mas, e quando troca de alimentos?

Se mexeu com carne e a seguir vai preparar os vegetais, tem que lavar as mãos, a faca, a bancada e a tábua antes de utilizá-los outra vez. Assim, evita-se a chance de contaminar os alimentos pela chamada contaminação cruzada.

Higienizar os vegetais só com água

Se você só escolhe as folhas para a salada, passa na água corrente e come, está fazendo errado. O correto é desinfetar com um sanitizante próprio para alimentos, para evitar o desenvolvimento de diversas doenças, desde verminoses até o H.Pylori, que causa problemas no estômago.

Arear panelas

É totalmente desaconselhável fazer o polimento utilizando palha de aço dentro da panela. Com esse processo, o alumínio ’desprende’ com mais facilidade, contaminando os alimentos durante o cozimento.

Consumir alumínio ao longo da vida está associado a riscos de desenvolvimento da Doença de Alzheimer. O ideal é polir apenas a parte externa das panelas de alumínio.

Guardar alimentos em panela de alumínio dentro da geladeira

Mais uma vez as panelas de alumínio. O ideal é que a comida, após o preparo, seja colocada em outros recipientes para não prolongar o período de exposição ao alumínio e aos riscos de contaminação. Fuja de recipientes de alumínio e opte por potes de vidro ou plástico.

Manter alimentos em recipientes destampados dentro da geladeira

Guardar comida em recipientes destampados influencia no funcionamento da geladeira. Causa excesso de umidade que faz com que esse e outros alimentos estraguem mais rapidamente.

Além disso, alimentos expostos perdem o sabor, pegam o cheiro e gosto de outros alimentos, e ainda estão desprotegidos e atrativos para bactérias e fungos causadores de intoxicação.

Deixar o alimento esfriar para depois guardar na geladeira

Não é para colocar alimentos fervendo dentro da geladeira pois pode danificar o eletrodoméstico. Entretanto, deixá-los por mais de duas horas sem refrigeração (ou ainda pior, mantê-los por uma noite inteira em temperatura ambiente) pode ser prejudicial para sua saúde.

O ideal é que o alimento fique em temperatura ambiente por no máximo 2 horas (em dias muito quentes, menos tempo) e logo ser armazenado sob refrigeração.

Lavar o liquidificador na opção pulsar

Muitos manuais indicam que a função pulsar é para limpeza do copo do liquidificador, mas só que não! Essa opção limpa superficialmente, eliminando apenas o excesso de sujidade.

Restos de alimentos ficam escondidos e podem por em risco a saúde da sua família, pois pode contaminar outros alimentos no próximo uso. Desmonte o copo e lave-o com esponja, água e sabão.

Manter o pano de pia sempre molhado

Deixar um pano úmido sob a pia pode parecer prático, mas na realidade é um risco para a saúde da sua família. Estudos já comprovaram a presença de bactérias como a Escherichia coli nesse inocente utensílio de limpeza. Essa bactéria pode causar infecções de urina e até diarreia.

Além do pano de pia, os panos de prato podem causar o mesmo tipo de risco. Lave-os e troque-os sempre ou utilize de toalhas descartáveis. Já a louça, pode secar naturalmente.

Ter kit pia de cozinha

O kit de cozinha (conjunto de lixeirinha + porta sabão e esponja + porta detergente) pode representar parte da decoração da cozinha, mas na realidade esses objetos são verdadeiros criadouros para micro-organismos.

A esponja de lavar louça é um objeto que está sempre molhado e com restos de alimentos. Por isso, é importante mantê-la limpa após o uso, sem sabão, e deixá-la em um local seco.

Assim, você evita a proliferação de bactérias e fungos causadores de intoxicação. Além disso, a esponja e o sabão devem ser mantidos separados para manter a esponja seca.

A lixeira é totalmente inapropriado que seja mantida em cima da pia. Além da umidade do local, não é boa ideia mexer com utensílios limpos e manipular alimentos ao lado do lixo que além do risco de contaminação por fungos e bactérias, também atraem moscas.

Você conhece alguém que tenha algum dos hábitos que mencionamos? Quais dessas dicas você já aplica no seu dia a dia? Compartilhe essas orientações com quem está começando na cozinha!

Imagem de Capa: Andrea Piacquadio no Pexels

 

OUTRAS LEITURAS



Márcia Lourenço
Sou Nutricionista e pós-graduada em fisiologia, bioquímica e nutrição do esporte. Apaixonada por nutrição e por comida que nutra o corpo e alma, sem terrorismos! O intuito aqui é orientá-los nas melhores escolhas, publicando dicas alimentares, receitas, curiosidades e estilo de vida. Sintam-se bem comendo bem! 🍏

COMENTÁRIOS