Na hora em que decidimos emagrecer, focamos principalmente em comer pouco. Mas, você sabia que existem alguns hábitos que engordam sem nos dar conta?

Faz tempo que você tem feito dietas e exercícios mas não consegue alcançar o peso desejado?

Você fez todos os tipos de dietas, começou a praticar exercícios, eliminou os alimentos considerados “gordos” e mesmo assim não emagreceu.

Talvez esteja mantendo alguns hábitos que engordam sem saber. Por isso, nesse artigo indicaremos algumas armadilhas que atrapalham no processo de emagrecimento. Confira e evite-os!

Hábitos que engordam e que dificultam o emagrecimento

Não fazer atividade física constante

A prática de exercício físico é de extrema importância para o progresso de perda de peso. Mas não adianta treinar uma semana 3 dias, na outra 1 dia.

Muitos estudos indicam que para o exercício auxiliar na perda de peso, é preciso praticar no mínimo 3 vezes por semana ou 150 minutos semanais.

 

Exercício físico aliado com alimentação mais saudável irá ter efeito positivo quando se mantém uma rotina constante. Mas, se não for o caso, você irá só se autossabotar.

Comer sozinho e com distrações

Assistir televisão ou mexer no celular enquanto realizamos uma refeição é um péssimo hábito, porque o cérebro não indica quando o estômago está satisfeito.

Além de que quando nos alimentamos assim, é muito provável que comemos muito mais rápido, demorando mais tempo para nos sentir saciado.

Por outro lado, o hábito de que comer em família ou com amigos pode fazer ingerir menor quantidade de alimentos devido às conexões emocionais, nos tornamos mais conscientes do que comemos.

Consumir alimentos com teor reduzido de açúcar ou gorduras

Você costuma comprar seus alimentos escolhendo tudo que é “zero gordura”, “light” ou “diet”? Na maioria desses tipos de alimentos o ingrediente excluido é substituído por açúcar, gordura ou por aditivos químicos.

 

Os aditivos, conservantes e outros ingredientes químicos são estimulantes de apetite, interferem na microbiota e possuem ação inflamatória ao organismo. Isso afeta o metabolismo e no acúmulo de gordura.

E ainda, as pessoas que costumam consumí-los acabam por ingerir mais calorias do que se escolhessem produtos “normais”. Desta forma, a melhor opção é comer uma pequena porção de um alimento “normal”.

Comer em pratos grandes

É claro que escolher louças bonitas também tornam as refeições mais agradáveis, mas usar pratos enormes é bem provável que se coma mais do que se der preferência por um prato médio ou pequeno, pois a maioria das pessoas costumam comer tudo o que se coloca no prato.

Dormir pouco ou mal

Dormir mal e o estresse são os piores inimigos das dietas. Quanto menos dormirmos, mais comeremos. Não é só porque ficamos mais tempo acordados mas também porque o corpo não consegue se restabelecer e se recuperar de toda atividade que você manteve durante o dia.

 

O metabolismo energético e a produção dos hormônios relacionados ao sono e à vigília podem ser os culpados por sentirmos mais fome. Por isso é importante dormir bem.

Cercar-se de pessoas com alimentação pouco saudável

As relações pessoais podem também nos trazer consequências negativas. Se o seu parceiro, seus melhores amigos e colegas de trabalho costumam ter uma alimentação pouco saudável, é provável que estejam acima do peso, você também esteja ou ganhe alguns quilos com o passar do tempo.

É muito fácil adquirirmos hábitos ruins de, por exemplo, pedir comida fast food, fazer lanches pouco saudáveis no meio do expediente e por aí vai…

Pular o café da manhã

Este é um dos maus hábitos que poucos sabem que engorda. O corpo precisa de fonte de energia desde o momento em que acordamos.

Se você ficar muito tempo sem comer, acaba por estimular muito mais a fome até a próxima refeição, comendo muito mais do que o necessário. Se não está acostumado, tente aos poucos ir se adaptando a fazer uma refeição nutritiva logo pela manhã.

 

Não planejar as refeições

É importante planejar e fazer compras, principalmente dos alimentos perecíveis todas as semanas. Se você não tiver tudo organizado, um dia não tem os ingredientes e come qualquer coisa, no outro está cansado e decide pedir comida em casa.

Prepare comida para vários dias, porcione e congele. Tenha sempre frutas, verduras e legumes variados em casa, e quando chegar do supermercado, já higienize as verduras antes de guardá-las para facilitar no preparo de saladas.

Faça sempre uma lista antes de ir às compras. Evite comprar o que não tiver apontado! Tendo em casa muitas tentações, será difícil escapar!

Fazer dietas radicais

É importante entender aqui. Se você tentar mudar seus hábitos para perder peso e essa mudança for extremamente radical, dificilmente você conseguirá mantê-la por muito tempo.

 

Toda restrição gera compulsão, fazendo com que você ganhe mais peso do que estava antes de iniciar qualquer dieta. A reedução alimentar funciona por isso. Com ela você aprende a se alimentar melhor conforme seus próprios hábitos, sem terrorismo alimentar, com maior chance de sucesso!

Imagem de Capa: Antonio Moreno Morales no Scopio

 

OUTRAS LEITURAS



Márcia Lourenço
Sou Nutricionista e pós-graduada em fisiologia, bioquímica e nutrição do esporte. Apaixonada por nutrição e por comida que nutra o corpo e alma, sem terrorismos! O intuito aqui é orientá-los nas melhores escolhas, publicando dicas alimentares, receitas, curiosidades e estilo de vida. Sintam-se bem comendo bem! 🍏

COMENTÁRIOS