Cientistas do Texas A&M University recentemente desenvolveram um dispositivo para ajudar pessoas que lutam contra a obesidade grave ou outros problemas de saúde relacionados ao peso.

 

Muitas pessoas que não conseguem perder peso naturalmente recorrem à cirurgia de redução do estômago, que envolve uma mudança permanente no sistema digestivo que comumente são observados riscos de curto e longo prazo.

Por isso, os investigadores queriam encontrar alternativas menos invasivas para redução do peso corporal.

Esse novo estudo, publicado na revista Nature Communications revelou um dispositivo médico que envolve um procedimento muito mais simples no qual pode ajudar pessoas obesas a emagrecer sem os efeitos colaterais prejudiciais e os perigos do bypass gástrico, que às vezes é o último recurso para quem luta contra a obesidade.

“Queríamos criar um dispositivo que não apenas exigisse cirurgia mínima para implantação, mas também nos permitisse estimular terminações nervosas específicas no estômago”, disse o Dr. Sung II Park, professor assistente do Departamento de Engenharia Elétrica e de Computação. “Nosso dispositivo tem o potencial de fazer essas duas coisas em condições gástricas adversas, o que, no futuro, pode ser extremamente benéfico para pessoas que precisam de cirurgias dramáticas para perda de peso.”

 

Embora alguns dispositivos médicos estimulem as terminações nervosas do nervo vago e ajudem a reduzir o apetite, a maioria deles ainda tem fios. Assim como um marca-passo, os fios se conectam a uma fonte de eletricidade e fornecem choques elétricos para estimular o nervo vago. O novo dispositivo sem fio, fornecerá aos pacientes um método mais confortável e conveniente para combater a obesidade.

Isso pode mudar a forma como os médicos tratam a obesidade no futuro, já que a implantação do dispositivo exige um mínimo de cirurgia. Portanto, isso representaria menos risco para os pacientes e não envolveria nenhuma alteração do trato digestivo.

Esse dispositivo proporciona a sensação de plenitude ao estimular as terminações do nervo vago com uma luz de led

Nos últimos anos, o nervo vago tem recebido atenção como alvo para o tratamento da obesidade, pois fornece informações sensoriais quando estamos saciados, desde o revestimento do estômago até o cérebro. Com uma tecnologia sem fio, o dispositivo é menos incômodo e mais confortável para o paciente.

O dispositivo é minúsculo, tem forma de pá e possui micro LEDs perto da ponta de sua haste flexível, que fica presa ao estômago. Na cabeça do dispositivo, chamado de harvester, microchips se comunicam com uma fonte externa de radiofrequência e produz minúsculas correntes para alimentar os LEDs. Quando a fonte de radiofrequência é ligada, a luz dos LEDs é eficaz em suprimir a fome, segundo demonstrou os estudos.

cientistas criam dispositivo que ajuda as pessoas a perder peso sem cirurgia - Cientistas criam dispositivo que ajuda as pessoas a perder peso sem cirurgia

“Nossas descobertas sugerem que estimular os receptores não extensíveis, aqueles que respondem aos produtos químicos na comida, também pode dar a sensação de saciedade, mesmo quando o estômago não está distendido”, disse Park.

 

A obesidade é um problema cada vez maior, especialmente em países do ocidente, e este dispositivo pode ajudar a reverter essa situação, pois mostrou-se promissora na batalha contra a obesidade.

Imagem de Capa: Texas A&M Engineering

OUTRAS LEITURAS






Por Márcia Lourenço. Sou Nutricionista e pós-graduada em fisiologia, bioquímica e nutrição do esporte. Apaixonada por nutrição e por comida que nutra o corpo e alma, sem terrorismos! O intuito principal da Ideias Nutritivas é trazer novidades e curiosidades sobre nutrição orientando-os nas melhores escolhas, publicando dicas alimentares, receitas, curiosidades e estilo de vida. Além disso, estou aqui para incentivar pensamentos e atitudes positivas, com conteúdos inspiradores e histórias motivadoras que nutram os seus sentidos! ?