O grupo de bem-estar animal World Animal Protection informou, publicado recentemente pela Forbes, que devido ao aumento do consumo de opções vegetais alternativas à carne, oferecidas em diversas redes de fast foods nos Estados Unidos, 250 mil animais estão sendo salvos por ano.

Tudo isso equivale a cerca de 140.000 porcos e 110.000 vacas

Os números são baseados nas vendas de hamburgueres vegetais, estimadas em cadeias de restaurantes nacionais, de acordo com Ben Williamson, diretor de programas dos EUA e principal autor da pesquisa. Segundo a World Animal Protection, 2019 foi o ano em que o fast food se apaixonou por alternativas de carne.

Os grupos afirmam que os mesmo os consumidores de carne estão devorando a maioria dos hambúrgueres e salsichas à base de plantas, de modo que o impacto animal é real e mensurável. Isso indica que os consumidores estão cada vez mais preocupados com o planeta, com sua saúde e bem-estar animal.

Apesar de o número de 250.000 animais poupados possa parecer muito, é apenas uma fração dos 120 milhões de porcos e 30 milhões de vacas mortas a cada ano para o comércio em supermercados e indústria de alimentos, só nos EUA. Williamson diz esperar que o número de animais salvos aumente em 2020, à medida que mais produtos à base de plantas surjam e mais restaurantes adicionem suas próprias versões ao menu.

Já está à vista produtos à base de plantas que imitam opções de frango e peixe. E isso terá um impacto ainda maior, uma vez que esses animais menores são processados em números significativamente maiores. E não são só os animais a serem salvos. A criação intensiva de animais foi reconhecida pelas Nações Unidas como um importante contribuinte para sérios problemas ambientais, desde as mudanças climáticas ao desmatamento.

“Simplesmente reduzindo a quantidade de carne de baixo bem-estar que consumimos, podemos fazer nossa parte para reduzir as emissões de gases de efeito estufa. Sem isso, será quase impossível alcançar as metas estabelecidas pelo Acordo de Paris.” Duas empresas se destacam na produção alternativa de carnes que é a Beyond Meat e a Impossible Foods, contribuindo para desacelerar o consumo de carne.

O Burguer King é um dos restaurantes que incluiu os hamburgueres vegetais em seu menu, o Rebel Whopper, que pode ser encontrado em todas as cadeias da rede, até mesmo no Brasil.

Imagem de Capa: Wolfgang Hasselmann de Unsplash

OUTRAS LEITURAS


Márcia Lourenço
Sou Nutricionista e pós-graduada em fisiologia, bioquímica e nutrição do esporte. Apaixonada por nutrição e por comida que nutra o corpo e alma, sem terrorismos! O intuito aqui é orientá-los nas melhores escolhas, publicando dicas alimentares, receitas, curiosidades e estilo de vida. Sintam-se bem comendo bem! 🍏

COMENTÁRIOS